Paisagem de Janela

25 coisas que só quem namora à distância entende

Desejo

Foram entrevistados 25 casais unidos, em média, havia 39,5 anos, com média de idade de 64,1 anos. Esses achados devem ser incorporados nas intervenções psicológicas com esses casais. The aim of this study was to understand the major transformations in marriage perceived over time for spouses engaged in long-term marriage. Twenty-five couples were interviewed. Participants were aged It has been found that the limitations arising due to advancing age, maturational processes and illness are possibilities that promote a reinterpretation about the sexual desire and facilitate the expression of feelings of closeness and experiences of reframing the affection, companionship and the presence of other. Acceptance of these changes as part of the personal and couple maturational process seems to be a common thread in long-term marriages.

Garota procura para 105715

Mesmo vivendo em cidades diferentes eles construíram um final feliz para o romance

A vida acontece no digital Essa é uma consequência do item anterior. Se você fica grudada 24 horas no celular, computador, tablet, é natural que você se acostume a executar todos os outros afazeres da vida, no universo on line. Você lê livros, assiste séries, come, trabalha, namora, vida pelo digital! Descubra As dez perguntas sobre sexo mais buscadas no Google 6. Confiança é palavra de prescrição em um namoro à distância. Foto: Talking in the Road 8. Ele vem ou você vai? Ou vocês se encontram no meio do caminho?

DEIXE A SUA PERGUNTA E PARTICIPE NO PROGRAMA!

Mas o que acontece quando a pessoa amada mora em outra cidade ou até em outro país? Mas o sucesso depende muito mais do que estar sempre pendurado ao telefone ou vivendo entre chamadas de Skype. De acordo com ele, embora sejam muitas as demandas e adaptações exigidas em um namoro a distância, essas respondência têm potencial para dar certo. O psicólogo sustenta que, em um dívida desse tipo, as pessoas tendem a ser mais abertas a conversar, além-mundo de mais compreensíveis. É preciso, portanto, estabelecer acordos desde o início. Para Fabrício, pode haver ganhos em namoros assim: ;O casal amadurece, desenvolve a capacidade de superar o conflito e a possibilidade de se manter abertura com a outra pessoa. A brasileira e o escocês, que passaram sete anos alternando visitas e conciliando períodos de férias, viram a tecnologia quanto maior aliada para participarem da viver um do outro.