Paisagem de Janela

8 sinais de que você namora um: a psicopata

Entrevista

Regras de sociabilidade nos permitem agradecer, quando houver uma paquera, sem ter que corresponder a ela! Monica Da Silva Antunes Amado junho 7, pm Eu vivo em um relacionamento abusivo, a muito tempo. O meu companheiro e viciado, bebidas e drogas, me humilha. Amo meus filhos, mas financeiramente estou totalmente dependente desse homem que me oprime. Hj e segunda dia 7 estou aqui com uma noite passada sem dormir, frustadadebilitada e cansada.

Meninas à 809442

Flertar pode?

Fernandes 2 Universidade Federal de Alagoas - Maceió RESUMO Com os índices de violência contra a mulher, em suas mais variadas tipificações, maximizando-se assustadoramente, torna-se crescente os estudos que objetivam conceber os aspectos que envolvem a permanência de mulheres em relacionamentos abusivos. Para tanto, foram utilizados descritores em português, inglês e espanhol em seis bases de dados. Todos os estudos referem a validade nomológica deste modelo teórico. ABSTRACT Based on the numbers of violence against women, in its most varied ways, frighteningly maximizing it, there is a growing number of studies that aim to understand the aspects that involves the permanence of women in abusive relationships. The literature has indicated several factors that contribute to the permanence of women in abusive relationships, such as: financial dependence, psychological dependence, fear of dying, hope of changing the partner, feelings of devaluation, inferiority and guilt, among others.

Últimos Artigos

E foi um choque para mim. Único semanas depois do meu sumiço, quando precisei de um psiquiatra, tamanho o sofrimento físico e psíquico, descobri que havia sido vítima de uma pessoa com sinais aparentes desse transtorno de personalidade sem cura em inglês, NPD, Narcissistic Personality Disorder. Nos EUA existem serviços de apoio para pessoas que sofreram abusos narcisistas. E é por isso que escrevo essa matéria. Você é apenas uma vítima.